Art Telas

(14) 3454-1120 | contato@arttelas.com.br

Redes de Proteção

Detalhes do Produto

Aplicações:

  • Janelas
  • Escadas
  • Sacadas
  • Piscinas
  • Quadras Esportivas

 

Cores Disponíveis:

  • Areia
  • Preto
  • Verde

 

 CERTIFICADO DE QUALIDADE DA REDE DE PROTEÇÃO

Produto:
Rede de Proteção Equiplex

Descrição:
“Rede com 50 mm entre nós, fio 30 / 21″: Produzidas em forma de malhas, confeccionada em monofilamentos de polietileno (torcido) de alta densidade.

Especificação Técnica:
Polietileno de alta densidade – 100% virgem, estabilizado contra a ação dos raios ultravioleta.

Durabilidade:

A garantia deste produto é de 3 anos contra defeitos de fabricação e durabilidade em condições normais de uso. Esta garantia não cobre danos causados após sua instalação, como: corte, queimadoras com chamas, produtos químicos.

A ART-TELAS não se responsabiliza por danos causados a terceiros, decorrentes de problemas e defeitos na instalação do produto.

Este produto foi testado de acordo com o plano de inspeção e ensaio Equiplex e baseado nos testes de envelhecimento e resistência do Instituto Falcão Bauer conforme certificado E/ 53.172/ 97.

Filamentos
Polímero …………………………………… HDPE
Cor ………………………………………… Transparente
Estabilizador ………………………………. anti – UV
Estabilizador ………………………………. antioxidante
Denier …………………………………….. 15.120
Diâmetro ………………………………….. 1,8mm / fio torcido
Tenacidade ……………………………….. 3,43g / denier
Alongamento ……………………………… 60%
Máxima temperatura de uso ……………… + 60ºC / – 60ºC
Estabilidade dimensional ………………….. ± 3%
Rede:

Peso ………………………………………. 94,28g / m²
Resistência a tração longitudinal …………. 50kg / malha
Resistência a tração transversal …………. 50kg / malha
Resistência da rede ………………………. 500kg / m² ( * )
( * ) Cálculo de resistência (orientativo), distribuída uniformemente em 01m², considerando margem de segurança.

As redes de proteção Equiplex, produzidas através da mais alta tecnologia, são confeccionadas em polietileno de alta densidade, contendo aditivos antioxidantes e protetores contra raios ultravioleta, o que confere ao produto uma excelente durabilidade, mesmo que exposto às condições climáticas mais adversas.

COMO SURGIRAM AS REDES?

Em 1976, o município do Rio de Janeiro, para evitar a repetição do chamado “Paredão de Copacabana”, editou regra para as novas construções de edifícios residênciais:

Que todos eles passassem a possuir varandas e não fossem mais simples caixotes, sem qualquer estética e inteiramente desumanos
.
As novas construções, daí em diante, passaram a ter como chamarisco de venda o tema publicitário:
“as varandas voltaram !”

Assim, a cidade do Rio de Janeiro voltou a ficar mais bonita e mais humana.

Todas as construções, a partir da edição do Regulamento de Zoneamento, atravéz do decreto nº 322/76, não podiam ser fechadas ou envidraçadas, mesmo em parte, sob qualquer pretexto, sendo o condomínio solidariamente responsável pela obediência a esta proibição, conforme disposto no parágrafo 9º do artigo 144, desse Decreto.

Acontece, porém, que essas novas varandas trouxeram humanização e beleza aos novos edifícios, mas acarretaram, por outro lado, problemas de segurança com as crianças.

Assim surgiram as redes de proteção !

As telas, que eram usadas originalmente para pesca, ganharam mais tecnologia e passaram a ter outra finalidade e ser utilizadas como proteção para crianças, pois proporcionaram segurança sem absolutamente quebrar a harmonia arquitetonica do edifício, com a vantagem ainda de poderem ser removidas a qualquer hora.

QUANDO DEVO INSTALAR?

Não se pode precisar o momento ideal para se colocar a rede, uma vez que os hábitos familiares variam de acordo com cada família.

Sugerimos que seja feita uma análise pessoal de alguns fatores para se avaliar o risco:
- Os pais ficam constantemente com a criança ?
- A criança fica muito tempo em casa ?
- As janelas/varandas são baixas ou de alta periculosidade ?
- Os vãos têm vista para o playground, piscinas, escolas ou qualquer espaço que tenha outras crianças ou algo que chame a atenção ?
- A criança é agitada ?
- As crianças quando se juntam tornam-se mais expansivas e mais encorajas a fazer arte.
- Outras crianças frequentam o local ?
- Possui piscina ou escada em casa ?

Observação:
Mesmo crianças mais velhas ainda não tem real noção dos perigos e em momentos de pânico costumam não conseguir reagir.

Em caso de dúvidas lembre-se
Não vale a pena correr riscos, tome as devidas precauções para que nada aconteça ao seu filho.
A vida do ser humano é muito preciosa.

É PERMITIDO INSTALAR REDES EM CONDOMÍNIOS?

Ainda não existe uma lei específica sobre a colocação de redes de proteção em condomínios.
Entretanto esta prática já se tornou um costume, uma vez que cumpre de forma eficaz a sua função, a baixo custo e sem alterar muito a fachada dos edifícios ou agredir o estilo arquitetônico das construções.

Abaixo reproduzinos um trecho da Lei do Condomínio.
“Artigo 10º: É defeso de qualquer condômino:
I. Alterar a forma externas da fachada;
II. Decorar as partes e esquadrias externas com tonalidades ou cores diversas das empresas no conjunto da edificação (…)”

“No Brasil, graças à Lei do Condomínio, as fachadas dos nossos edifícios são razoavelmente uniformes, bonitas, sem anúncios comérciais.
As exceções visíveis são prédios de um dono só, que não estão obrigados a obedecer à Lei 4591/64, deixando que seus ocupantes dêem um aspecto pitoresco à fachada.

A resposta do Poder Judiciário no que se refere à colocação das finas redes de proteção nas sacadas, visando evitar que as crianças caiam dos apartamentos, tem sido de bom senso e critério.
Coloca-se o fator segurança em primeiro lugar, ou seja, tem-se decidido que a colocação deste produto não constitui alteração de fachada, no confronto em uma pequena variação estética e a grande utilidade da rede como proteção à vida de uma criança, prevalece, sem dúvida, esta última hipótese.”

DIFERENÇAS ENTRE REDES

No sentido de orientar melhor nossos clientes quando as diferenças entre os materiais, extraímos alguns trechos com informações técnicas da Enciclopédia Delta Larousse.

Veja porque utilizar a rede de Polietileno (utilizada pela nossa empresa, sendo a única comprovadamente tratada contra raios ultra-violetas e impermeabilizada).

“… As principais propriedades mecânicas do Polietileno são superiores às da Seda natural, comparado ao aço, um fio de Polietileno de igual seção tem a mesma resistência à tração e é sete vezes menos pesado.

A resistência do Polietileno ao desgaste é também considerável.

Além da sua aplicação generalizada em artigos de vestuário, o Polietileno é também utilizado na confecção de para-quedas e cordas resistentes, e em artigos indústriais, como pneus e correias transportadoras…”.

Solicite um orçamento
Av Manoel Muller, 205 - Marilia - SP
Cep: 17507-200 | Fone / Fax (14) 3454-1120
Siga a Art Telas
Art Telas no Facebook
Copyright 2017 - Cercas & Cia Art Telas